Seleção Brasileira se despede da Copa América com péssimo futebol

Esportes

Após o empate por 0 a 0 no tempo normal, a seleção brasileira perdeu nos pênaltis por 4 a 2 para o Uruguai e foi eliminada nas quartas de final da Copa América. O zagueiro Éder Militão e volante Douglas Luiz perderam as cobranças para o Brasil. O jogo foi disputado no estádio de Allegiant, em Nevada, nos Estados Unidos. Na semifinal, o adversário do Uruguai será a Colômbia. Na outra chave, Argentina e Canadá disputam vaga na final do torneio.

  • Uruguai e Colômbia será na próxima quarta-feira (10), em Charlotte, às 10h. Argentina e Canadá se enfrentam na terça-feira (9), às 21h, em New Jersey.
  • A final da Copa América será no domingo (14), em Miami.

Como era de se esperar, o clássico sul-americano foi marcado pelas faltas, empurrões e confusão. Teve expulsão, catimba e discussão até durante as penalidades.

O atacante Endrick, que substituiu o suspenso Vinicius Junior foi o mais caçado pela marcação celeste. A falta de cartões amarelos para o Uruguai e a passividade do árbitro argentino Dario Herrera irritaram a seleção brasileira no primeiro tempo.

Antes do intervalo, a melhor chance do Brasil foi Raphinha, que parou no cara a cara diante de Rochet. Do lado uruguaio, Darwin Nuñez desperdiçou uma cabeçada sem marcação.

Na volta do segundo tempo, o panorama mudou com a expulsão com auxílio do VAR de Nández, aos 28 minutos, após carrinho por trás em Rodrygo. O Brasil ficou com um homem a mais na reta final do jogo, mas sem criatividade e com jogo burocrático não conseguiu o gol no tempo regulamentar.

Veja os melhores momentos de Uruguai x Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *