Monkeypox: sobe para 81 número de casos confirmados da varíola dos macacos no AM

Amazonas Destaques

O Amazonas tem 81 casos confirmados e 41 casos suspeitos de varíola dos macacos no Estado.

É que revela o boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), divulgado nesta quarta-feira (21).

O Boletim da FVS-RCP confirmou os novos seis casos confirmados, 5 são do sexo masculino e 1 do sexo feminino, na faixa etária de 25 a 49 anos, residentes em Manaus.

O início dos sintomas ocorreu no período entre 2 a 12 de setembro.

Os principais sintomas informados: febre, cefaleia, erupção cutânea, tosse, astenia/fraqueza, edema peniano, linfadenopatia localizada.

Os casos foram notificados entre 08 a 17 de setembro deste ano.

Os pacientes não necessitaram de hospitalização, seguem estáveis, em isolamento domiciliar, sendo acompanhados pelo CIEVS Manaus. 

Até o momento, o Amazonas tem 223 notificações, sendo 81 confirmados, 101 descartados, 41 suspeitos e nenhum registro de óbito pela doença.

Perfil dos pacientes

Dos 81 casos confirmados, 78 são do sexo masculino e 3 do sexo feminino, com idade mínima de 20 anos e a máxima de 57 anos.

O boletim, informa que 54% dos casos confirmados tiveram contato íntimo, incluindo sexual, com desconhecido/a(s) e ou parceiro/a(s) casual(is) ou múltiplas, nos últimos 21 dias anteriores ao início dos sinais e sintomas.

Prevenção

O comunicado de risco divulgado pela FVS traz informações para a população sobre como se prevenir contra a Monkeypox:

– Evitar parcerias sexuais anônimas;

– No caso do aparecimento de lesões características de Monkeypox, ou diagnóstico confirmado, comunicar as suas parcerias sexuais dos últimos 21 dias, para realização de autoexame;

– Os casos suspeitos de Monkeypox devem utilizar máscara e roupas cobrindo as lesões;

– Higienizar as mãos frequentemente;

– Não compartilhar alimentos, objetos de uso pessoal, talheres, roupas ou roupas de cama;

– Buscar um serviço de saúde nos casos de aparecimento de lesões (bolhas) ou feridas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *