Caso Djidja Cardoso: Hatus Silveira tem liberdade negada e passará por avaliação médica por estar com perna necrosada

Amazonas

Hatus Silveira, preso durante a 2ª fase da Operação Mandrágora, está com as pernas necrosadas e corre o risco de amputação, afirmou o advogado Mozarth Bessa, nesta sexta-feira (14). A informação foi divulgada pelo portal Rede Onda Digital.

“As feridas estão todas necrosadas […] o Hatus ele tem aquele problema na perna, talvez a química no corpo dele é tão grande que não consegue curar. As feridas nas pernas dele foram ocasionadas em um acidente de moto, ele curou, passou um ano no 28 de Agosto, ele ficou bom, mas o uso excessivo [de anabolizantes] complica tudo”. 

Foto: Reprodução

Ainda de acordo com o advogado, a Justiça do Amazonas negou o pedido da defesa de liberdade provisória ao ex-fisiculturista, porém, determinou que ele passe por avaliação médica no presídio. Ele disse que somente após essa avaliação, pedirá a conversão da prisão preventiva para domiciliar.

“Mantenho a prisão preventiva de Hatus Silveira (…) à vista tão somente das fotografias anexadas pela defesa, à qual demonstram possível comprometimento de saúde física do custodiado, de ofício, determino que (…) se realize a avaliação de quadro clínico”, diz um trecho da decisão do juiz Rivaldo Matos Norões Filho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *