Bolsonaro defende a liberdade de expressão e religiosa, em discurso na ONU

Destaques Internacional Política

Conforme a tradição, o presidente do Brasil fez o discurso de abertura da Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, nos Estados Unidos. Bolsonaro reafirmou a defesa da liberdade de expressão e repúdio à perseguição religiosa.“Tenho sido um defensor intransigente da liberdade de expressão. Além disso, em meu governo, o Brasil trabalhou para colocar o direito à liberdade de religião no centro da agenda internacional de direitos humanos. É essencial garantir que todos tenham o direito de professam e praticam livremente sua orientação religiosa, sem discriminação”, afirmou o presidente.

Bolsonaro também declarou que o Brasil está de portas abertas para acolher líderes religiosos perseguidos na Nicarágua.

“Quero anunciar que o Brasil abre suas portas para acolher os padres e freiras católicos que sofreram cruel perseguição pelo regime ditatorial na Nicarágua. O Brasil repudia a perseguição religiosa em qualquer parte do mundo”, pontuou Bolsonaro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *