Relatório do Ministério do Transporte conclui que pavimentação da BR-319 é viável ambientalmente

Amazonas

A pavimentação da BR-319 é tecnicamente viável e ambientalmente sustentável. Essa deve ser a conclusão do relatório final do grupo de trabalho criado para analisar o projeto de pavimentação da rodovia que liga Manaus a Porto Velho, concluído pelo Ministério dos Transportes. A informação el foi publicada em reportagem nesta terça-feira (11) pelo jornal Valor Econômico. O relatório ainda vai ser apresentado, em Brasília.

A importante obra, que vai tirar o Amazonas do isolamento terrestre do restante do Brasil, tem investimento estimado em R$ 2 bilhões. Segundo a publicação do Valor, o relatório vai apontar maneiras de garantir a preservação ambiental, que vem sendo um ponto de controvérsias para a pavimentação da via, que corta os estados do Amazonas e Rondônia.

Entre as soluções apontadas pelo grupo de trabalho para garantir a proteção da biodiversidade na região está o cercamento de 500 quilômetros do “trecho do meio”, o monitoramento da via e a instalação de 172 passagens para que os animais atravessem a rodovia com segurança.

A pavimentação vem sendo defendida pelo governador Wilson Lima, que entende a obra como um projeto fundamental para o estado, além de grande importância nacional. O governador viajou a Brasília para a primeira reunião do grupo de trabalho do Ministério dos Transportes.

A BR-319 tem cerca de 918 quilômetros de extensão e faz a ligação entre as capitais Manaus e Porto Velho (RO) e outras regiões do Brasil. Porém, boa parte dela, em especial do trecho do meio, não é pavimentada.

Apresentação

O relatório deve ser apresentado na Casa Civil, em uma reunião que vai definir os próximos passos do projeto. Vale lembrar que os estudos para a obra foram incluídos no Novo PAC.

Também é esperado um acordo de cooperação técnica entre Ibama, ICMBio, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, entre outros, de acordo com o Valor Econômico, que ouviu o secretário de Sustentabilidade do Ministério dos Transportes, Cloves Benevides.

Novo PAC

No ano passado, o Governo do Amazonas apresentou ao Governo Federal demandas prioritárias para o estado, incluindo a pavimentação e a modernização da BR-319, a revitalização de aeródromos do interior, a revitalização do Porto de Manaus, entre outras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *