Prefeitura realiza licitação para obra do parque Gigantes da Floresta nesta quarta-feira

Amazonas Destaques

A Prefeitura de Manaus, via Comissão Municipal de Licitação (CML), realiza, nesta quarta-feira, 21/9, a concorrência pública 012/2022, do tipo menor preço global, para contratação de empresa especializada em obras e serviços de engenharia, para executar a construção do parque Gigantes da Floresta. A licitação acontece às 8h30, na sala da CML, na avenida Constantino Nery, nº 4.080, bairro Chapada, zona Centro-Sul.

O parque tem projeto desenvolvido pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), ocupando um trecho de prolongamento do Mindu, na avenida Natan Xavier, Novo Aleixo, zona Leste.

A obra é um compromisso do prefeito David Almeida, para a construção da estrutura urbana de grandes proporções, temática, multigeracional e habitacional em uma área de 2,3 quilômetros.

Segundo o prefeito David Almeida, o parque foi desenhado e concebido para atender a carência por espaços de qualidade entre as zonas Leste e Norte, incluindo um trecho temático para o público de crianças a idosos, um diversificado grupo da nossa população, incluindo Pessoas com Deficiência (PcDs) e com mobilidade reduzida.

“Esse é um sonho que vai se realizar entre a zona Leste e a zona Norte. O ‘Gigantes da Floresta’ é uma concepção turística para a cidade de Manaus. Todos falam em mudança da matriz econômica, mas não existe essa mudança no Amazonas. A nossa matriz é a Zona Franca de Manaus. O que precisamos é agregar novas matrizes, como o turismo. O parque Gigantes da Floresta é o primeiro passo desse avanço. No local, as pessoas poderão passear, entrar nos ninhos, animais, subir nas árvores. São ações como essa que vamos trazer para Manaus”, enfatizou Almeida.

O complexo contará ainda com um Centro de Atendimento Psicossocial (Caps), com 626,20 metros quadrados, com consultórios, enfermagem, administração, espaço de convivência e toda a estrutura para prestar um serviço de qualidade à população.

“Nosso cronograma inclui que o prefeito David Almeida possa dar ordem de serviço por volta de outubro e início de novembro, para início das obras”, disse o diretor-presidente do Instituto, engenheiro Carlos Valente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *