Prefeitura de Manaus realiza entrega de kimonos em prévia de lançamento de projeto

Esportes

A Prefeitura de Manaus realizou, nesta sexta-feira, 26/8, a entrega de kimonos para estudantes da Secretaria Municipal de Educação (Semed), no auditório da própria secretaria, localizado na avenida Mário Ypiranga, no bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul da cidade. A ação é uma prévia do projeto “Aprender Lutando”, que será lançado no segundo semestre de setembro e pretende contemplar mil estudantes até o final do ano e mais dez mil em 2023, com kimonos e aulas de jiu-jítsu.

Representando a secretária municipal de Educação, professora Dulce Almeida, o subsecretário de Gestão Pedagógica, professor Júnior Mar, explicou que a Semed realiza mais uma ação voltada para o esporte, porque isso traz muitos benefícios para os estudantes.

“Nosso prefeito David Almeida está sempre correndo e dando o exemplo, ele é um entusiasta da prática de esportes. Nós entendemos, pela educação, como o esporte é um grande aliado, é uma grande ferramenta para aprendizagem também. O corpo são, mente sã. O esporte, aqui no caso da luta, é um jiu-jítsu, um judô. Nós trabalhamos a concentração, trabalhamos o equilíbrio e todos esses benefícios são necessários na sala de aula, na hora da aprendizagem. Então, nós valorizamos muito o esporte”, acrescenta Junior Mar.

Participaram da cerimônia alunos de quatro unidades de ensino da rede municipal e lutadores e referências no jiu-jítsu mundial como Renzo Gracie e Bibiano Fernandes. O faixa-preta de jiu-jítsu Renzo Gracie ressaltou como é importante esse trabalho com esportes em geral, porque podem abrir portas para grandes feitos. Além disso, ele demonstrou admiração com o trabalho realizado em Manaus.

“Eu fiquei realmente impressionado com o trabalho que vocês estão fazendo aqui em Manaus. A Semed com essa equipe inteira de pessoas incríveis que eu tive o prazer de conhecer aqui. Eu vi hoje que Manaus não me decepcionou, eu sabia que vocês iam entregar. Eu quero ver a garotada aqui do Amazonas ensinando em países exteriores, aprendendo novas línguas, aprendendo novos costumes, ensinando a nossa cultura”, completa Renzo.

Participando do projeto “Honra e Bravura”, do Centro Integrado Municipal de Educação (Cime) Lúcia Almeida, a aluna Elana Beatriz, 10, revela que praticar jiu-jítsu é uma alegria para ela. “É o esporte que traz felicidade para todos nós. É um exercício que faz muito bem para a gente, para a nossa saúde e eu adoro jiu-jítsu sim. Eu nunca vou parar, eu vou até o fim”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *