Prefeitura de Manaus dá posse ao FPEM para quadriênio 2022-2026

Destaques Educação Manaus

A Prefeitura de Manaus, por meio da titular da Secretaria Municipal de Educação (Semed), professora Dulce Almeida, deu posse, nesta terça-feira, 27/9, ao profissional da Educação Luiz Carlos Castelo como novo coordenador do Fórum Permanente de Educação de Manaus (FPEM) para o quadriênio 2022-2026. A solenidade ocorreu no auditório Luiz Geraldo Pontes Teixeira, localizado no bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul.

O FPEM foi criado pelo Decreto Municipal n° 3.623/2017 e funciona como instância de monitoramento e avaliação periódica do cumprimento das metas do Plano Municipal de Educação (PME), além de coordenar as conferências municipais de Educação.

A professora Dulce Almeida solicitou para a nova coordenação do FPEM que sempre sejam parceiros para que a gestão municipal ocorra com excelência.

“Me sinto muito honrada por estar participando dessa solenidade. Contem sempre com o prefeito David Almeida e nos orientem e tragam as informações para que os profissionais da Semed possam realizar as ações necessárias pela Educação municipal. Quero destacar a palavra ‘união’, porque juntos somos mais fortes e desde que estamos na gestão da Semed, prezamos por esse ideal para fazermos sempre mais e melhor pela nossa Educação”, ressaltou.

O professor empossado, Luiz Carlos Castelo, comentou sobre sua expectativa em relação às ações do FPEM para o próximo quadriênio.

“Nossa expectativa é contribuir com a Educação do município de Manaus e, em especial, nessa mediação na frente do Fórum, contando com vários segmentos da Educação. Além disso, vamos tratar das discussões das políticas públicas para o município com o intuito de melhoria e, sobretudo, o objetivo é avaliar e monitorar o plano municipal de Educação, sendo assim um norteador para que Manaus possa oferecer uma educação de qualidade aos seus estudantes”, declarou.

Na ocasião, também houve a posse do professor Luiz Albuquerque como secretário-executivo do FPEM. O educador explicou sobre as prerrogativas da sua função e as iniciativas propostas pela nova coordenação.

“A função principal do secretário-executivo do Fórum é auxiliar o coordenador-geral nas atribuições, que conferem junto às instituições que compõem o FPEM, sendo 34 no total. O contato; a formalização dos processos, documentos e relatórios; e convocatórias sempre são atribuições do secretário-executivo. Nossa coordenação tem a intenção de reformular o estatuto do Fórum e recompor as comissões permanentes de trabalho, que são de monitoramento e divulgação”, ressaltou.

Eleição 

No mês de junho deste ano, houve a eleição para escolher a nova coordenação do FPEM. O processo eleitoral foi pautado no regimento interno do Fórum e contou com a participação de representantes da sociedade civil e dos poderes Executivo e Legislativo municipal.

A contagem da chapa eleita se deu por maioria simples, no total de 30 entidades representadas no FPEM, como representantes dos conselhos municipais de Alimentação Escolar, do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc). Na ocasião, 15 representantes estiveram presentes para votar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *