Polícia prende dois suspeitos pelo sumiço do ex-vocalista da Água Cristalina

Amazonas Destaques

Dois suspeitos de terem assassinado o ex-vocalista da banda Água Cristalina Armando Lessa, de 26 anos, estão presos em S. Gabriel da Cachoeira. Eles foram presos dia 30 de agosto.

Ele desapareceu de uma lancha enquanto viajava para o município, cuja embarcação saiu de Manaus no dia 26 de agosto.

As buscas pelo corpo do cantor estão sendo feitas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas com apoio da Defesa Civil e Polícia Civil, na região de Santa Isabel do Rio Negro.

Enquanto isso, a lancha será periciada por agentes do Departamento de Polícia Técnico Científica (DPTC).

Até o momento o que se sabe é aquilo que testemunhas relataram para a família do cantor é de que viram dois homens agredindo Armando, dando um mata-leão e pressionando a cabeça dele contra a parede da lancha.

Outra informação repassada à família é de ele foi jogado no rio por volta das 3h, próximo ao município de Santa Isabel do Rio Negro. Além disso, há suspeita de que o corpo pode ter sido perfurado para que não possa ficar boiando.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *