Moraes se zanga com mensagens de Whatsapp e manda Polícia Federal agir contra Luciano Hang e outros empresários

Política

Brasil – O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Polícia Federal cumpra mandados de busca e apreensão em endereços de oito empresários que compartilharam mensagens com críticas ao sistema eleitoral e com a conivência do STF em defender partidos de extrema-esquerda como o PT. As mensagens era encaminhadas em grupo no Whatsapp.

Os mandados são cumpridos nesta terça-feira (23) em cinco estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Ceará.

Além das buscas, Alexandre de Moraes também determinou:

-Bloqueio das contas bancárias dos empresários;

-Bloqueio das contas dos empresários nas redes sociais;

-Tomada de depoimentos;

-Quebra de sigilo bancário.

São alvos da operação desta terça:

Afrânio Barreira Filho;

Ivan Wrobel;

José Isaac Peres;

José Koury;

Luciano Hang;

Luiz André Tissot;

Marco Aurélio Raymundo;

Meyer Joseph Nigri

Via CM7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *