Manchas de óleo e restos de borracha reaparecem em praias do Nordeste  três anos depois de um dos maiores desastres ambientais já vistos no litoral brasileiro

Brasil

Novos vestígios de óleo foram encontrados em praias de Pernambuco. Os detritos, ainda de origem desconhecida, apareceram na última quinta-feira (25) e foram registrados em ao menos cinco municípios do estado. 

A aparição dos resíduos acontece três anos depois de um dos maiores desastres ambientais já vistos no litoral brasileiro . Na época, mais de mil localidades, em 11 estados litorâneos, foram atingidas. 

Na sexta-feira (26), uma reunião emergencial foi convocada pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas/PE), através da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), o objetivo é avaliar o aparecimento das manchas. 

Até o momento, já foram confirmados registros do material em faixas de areia de Olinda, Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Tamandaré e Recife.

A Semas enviou orientações para as cidades com faixas de praia, para que fiquem alertas ao cenário durante o final de semana.

Uma nova reunião entre os órgãos responsáveis pela vigilância deve ser realizada na próxima segunda-feira (29). Também foi mobilizada uma equipe de monitoramento para averiguar a situação ao longo dos dias.

O Semas, CPRH e Ibama trabalharão juntos na vigilância das praias do Recife, Olinda, Paulista, Jaboatão e Cabo.

Os municípios mais extremos dos litorais norte e sul serão monitorados pelos gestores das Unidades de Conservação do estado.

Além disso, quatro equipes da Marinha do Brasil foram disponibilizadas para reforços, três no continente e uma no arquipélago de Fernando de Noronha. Os oficiais cuidarão do monitoramento e o eventual recolhimento de vestígios de óleo no mar.

Todo o material encontrado será enviado para análise em um laboratório no Rio de Janeiro. O prazo para entrega de um laudo conclusivo sobre a origem dos resíduos será de 30 dias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *