Jogador é preso por suspeita de matar ex-namorada a marteladas na Itália

Destaques Mundo

O jogador de futebol italiano Giovanni Padovani foi preso nesta sexta-feira (26) acusado de matar a ex-namorada, Alessandra Matteuzi, 56 anos, na última terça (23). O homem de 27 anos teria atingido a mulher com marteladas e golpes no prédio em que ela morava, em Bolonha, na Itália. Na hora do ataque, a irmã da vítima, Stefania, ouviu as agressões.

Ela relatou a uma emissora local que chamou a polícia assim que percebeu a violência. “Ela saiu do carro e começou a gritar: ‘Não Giovanni, não, eu te imploro. Socorro!’. Eu estava ao telefone e liguei imediatamente para os policiais, que chegaram logo. Moro a 30 km. Ele a espancou até a morte”, contou à TGR Emilia Romagna.

Embora a ação policial tenha sido rápida e Alessandra tenha chegado com vida ao hospital, ela não resistiu aos ferimentos. De acordo com a imprensa local, Padovani chegou a usar um taco de beisebol e um banco de ferro forjado para bater na ex-namorada que chegava em casa quando foi abordada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *