Funeral da rainha Elizabeth 2ª termina em Londres após 10 dias

Mundo

Caixão segue para ser enterrado na Capela de São Jorge, em Windsor; cerimônia na Abadia de Westminster durou 1h20min

Depois de 10 dias de ritos funerários e uma cerimônia na Abadia de Westminster com a presença de chefes de Estado, o caixão da rainha Elizabeth 2ª seguiu para o Castelo de Windsor. Nesta 2ª feira (19.set.2022), a monarca será enterrada na Capela de São Jorge ao lado de seu marido, o príncipe Phillip, de seu pai, o rei George 6º, da mãe, a rainha mãe Elizabeth, e da irmã, a princesa Margaret. 

O caixão chegou na Abadia, em Londres, para o início de seu funeral de Estado às 10h55 (6h55 no horário de Brasília). A família real acompanhou o corpo da rainha do Parlamento britânico até a igreja em uma procissão de cerca de 8 minutos.

Os filhos da rainha, Charles 3º, a princesa Anne e os príncipes Andrew e Edward apareceram atrás do caixão. Os príncipes Harry e William estavam logo atrás.

Ao chegarem na Abadia de Westminster, integrantes da guarda da rainha carregaram o caixão da carruagem até o interior da igreja. O local é o mesmo onde Elizabeth 2ª se casou, em 1947, e foi coroada, em 1953. 

Em cima do caixão, tinha um cartão escrito pelo rei Charles 3º que dizia: “Em memória amorosa e dedicada. Charles R.”. Também foi colocado uma coroa de flores e plantas colhidas do Palácio de Buckingham e da Clarence House, em Londres, e de Highgrove House, em Gloucestershire.

As folhagens do adorno foram escolhidas pelo simbolismo:

  • Alecrim – associado à lembrança;
  • Murta – antigo símbolo de um casamento feliz. A folhagem foi cortada de uma planta cultivada de um ramo de murta usada no buquê de casamento da rainha;
  • Carvalho inglês – retrato nacional da força. Representa a constância e o dever inabalável de Elizabeth 2ª e a força de seu amor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *