Oi?? ABSURDO: Ministro Alexandre de Moraes proíbe campanha da Independência com verde e amarelo

Brasil Política

Brasil – Depois de ordenar uma operação contra 8 empresários que trocaram mensagens privadas falando sobre golpe, o presidente do TSE, Alexandre de Moraes, agora decidiu proibir uma campanha publicitária do governo federal sobre os 200 anos da Independência. O slogan seria “o futuro escrito em verde e amarelo”.

Na opinião de Moraes, há “viés político da campanha, conforme se extrai de vários trechos das peças publicitarias”. Eis a íntegra do documento (207 KB).

Na decisão, o presidente do TSE destacou os seguintes trechos da propaganda:

“Brasil. A nação de um povo heroico.

“Somos, há 200 anos, brasileiros livres graças à coragem constante.

Porque a mesma coragem de Dom Pedro existe ainda hoje em milhões de Pedros Brasil afora.

“A mesma bravura de Maria Quitéria existe em Marias empreendedoras por todo o País. Somos uma nação independente, que está escrevendo um futuro melhor. 200 anos de Independência do Brasil.

“O futuro escrito em verde e amarelo. #FuturoVerdeAmarelo”

Eis imagens da campanha reproduzidas na decisão judicial:

Para Alexandre de Moraes, “trata-se de slogans e dizeres com plena alusão a pretendentes de determinados cargos públicos, com especial ênfase às cores que reconhecidamente trazem consigo símbolo de uma ideologia politica, o que é vedado pela Lei eleitoral, em evidente prestígio à paridade de armas”.

Durante entrevista ao programa Pânico da Jovem Pan no início da tarde desta 6ª feira (26.ago.2022)presidente Jair Bolsonaro (PL) foi informado ao vivo sobre a decisão. Ele criticou o ministro e disse que “ordem absurda não se cumpre”.

“Ordem absurda não se cumpre, se for verdade isso daí, ordem absurda não se cumpre.” O presidente afirmou que entraria com recurso.

Via 360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *