Delegado que matou advogado no Porão do Alemão é demitido da polícia

Manaus Policial

O governador Wilson Lima, assinou oficialmente a carta de demissão do delegado da Polícia Civil, Gustavo Sotero, nesta quinta-feira (15), acusado de matar a tiros o advogado Wilson Justo, no Porão do Alemão, em 2017 em Manaus.

De acordo com a decisão, Sotero perde imediatamente o salário de mais de R$ 21 mil que continuava recebendo da corporação.

Vale lembrar que Gustavo foi condenado a 30 anos e dois meses pelo crime e atualmente cumpre pena em regime semiaberto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *