Catedral de Manaus é interditada parcialmente por risco de desabar

Cotidiano Destaques Manaus

MANAUS – A Catedral Metropolitana de Manaus, na Praça da Matriz, no Centro da capital, foi interditada parcialmente por risco de desabamento. Comunicado assinado pelo Padre Hudson Ribeiro, pároco da Catedral, informa que uma das colunas próximas da entrada principal da igreja e que sustenta o mezanino (coro) se movimentou, soltou e inclinou ameaçando desabar na tarde desta sexta-feira (2).

“A coluna centenária é de madeira. Pensávamos que era de concreto. Acionamos o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico) e a SEC (Secretaria de Cultura do Amazonas). Estiveram aqui, avaliaram e nos solicitaram que chamássemos imediatamente a Defesa Civil”, informa o padre na nota.

O pároco afirma que a cada tempo de espera a coluna se deslocava um pouco mais. “Assim, preocupados com o desabamento total, Knison (meu irmão) que presta serviço pra Arquidiocese, chumbou dois perfis de ferro para evitar a queda da coluna”, disse.

Por volta das 19h chegou a Defesa Civil. “Avaliaram a situação e resolveram interditar toda a área de entrada da Catedral que sustenta o mezanino (coro) e nos solicitaram o imediato escoramento de toda a área que, por hora, apresenta risco de desabamento”, informou o padre.

No comunicado, padre Hudson afirma que solicitou que a própria Defesa Civil fizesse a intermediação com a Seminf (Secretaria Municipal de Infraestrutura) para que na manhã deste sábado (3), fosse providenciado o escoramento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *